Comentários (30)
(Comentário mais recente)
Penso que as linhas de força deste projecto se adequam às necessidades dos nossos alunos e vão de encontro ao programa de Língua Portuguesa. Parece-me um projecto adequado e adaptado à realidade das escolas portuguesas, pelo que será, certamente, um instrumento de trabalho essencial para o professor (...) [Comentário completo]
Recomecemos o melhor possível... Com novas ideias, com actividades interessantes e adequadas aos nossos alunos! Mas, acima de tudo, recomecemos com "as mãos purificadas" de quem vai tocar em flores ou receber a visita da poesia. Recomecemos por relembrar o Mestre - Sebastião da Gama. [Comentário completo]
As noções pragmáticas da língua suscitam grande interesse nos alunos, principalmente porque estas se mostram essenciais na compreensão dos diferentes enunciados. Os exemplos apresentados são claros e ajudam a abordar as diferentes noções neste domínio. [Comentário completo]
A leitura, embora reconhecida como competência essencial, não foi sempre valorizada nas aulas de Língua Portuguesa. É verdade que nunca, como nestes últimos anos, se falou tanto na importância da leitura e, sejamos honestos, tal facto foi mesmo impulsionado por uma imposição do programa. Quer profes (...) [Comentário completo]
As propostas apresentadas não são, para mim, novas. A leitura, sendo uma competência essencial, necessita de promoção e, de entre todas as actividades que já experimentei com os meus alunos, considero essencial uma: que o professor fale dos livros que lê e que o faça com entusiasmo. Os alunos pergun (...) [Comentário completo]
GV
A constituição dos diferentes grupos sintácticos é um assunto muito importante e que ainda suscita algumas dúvidas, mesmo nos professores. Uma abordagem simples e sistematizada, como a que é proposta, facilita a compreensão do conteúdo abordado. Naturalmente que se tornará essencial, para o aluno e (...) [Comentário completo]
Já li diferentes propostas para ensinar a escrever, frequentei acções de formação sobre a escrita e, mesmo assim, constato ser cada vez mais difícil ensinar a escrever. O processo de escrever é complexo e, sejamos verdadeiros, difícil. Não há, infelizmente, fórmulas mágicas! Naturalmente, devo acr (...) [Comentário completo]
Há já alguns anos que escuto os meus colegas que leccionam Matemática "queixarem-se" de que os alunos têm dificuldades na interpretação das questões, o que os impede de resolver aguns exercícios. De facto, as "questões de interpretação" que acompanham os textos são muito fáceis e não permitem desenv (...) [Comentário completo]
Ensinar o aluno a comunicar é essencial. Normalmente, os alunos têm dificuldades em estruturar o seu discurso. Alguns nem se apercebem dessas dificuldades. É, por isso, importante analisar diferentes discursos orais, de forma a desenvolver competências comunicativas. Comunicar não é fácil, porque nã (...) [Comentário completo]
Ensinar a escrever não é tarefa fácil! Não é suficiente enumerar regras, assinalar erros, indicar aspectos a reformular... Este trabalho pode mesmo ser completamente infrutífero! Apesar dos esforços do professor, as dificuldades dos alunos parecem permanecer. Na realidade, os alunos necessitam de (...) [Comentário completo]
Durante o meu tempo de estudante, nunca me ensinaram a planificar um texto ou talvez tivessem ensinado... Não me lembro! A verdade é que só no 10.º ano compreendi a importância de um rascunho e verifiquei a necessidade de reformular um texto. Como professora, durante muito tempo cometi o mesmo err (...) [Comentário completo]
Agradeço a sugestão. Na realidade a formação contínua dos professores é ainda um caminho irregular e nem sempre vai ao encontro das necessidades sentidas. Ensinar a ler é uma tarefa complexa e difícil, principalmente se pretendermos formar "leitores para a vida". Aos alunos têm de ser facultadas (...) [Comentário completo]
Na minha opinião, as questões seleccionadas ajudam o aluno a consciencializar-se da importância do conhecimento explícito da língua para a compreensão dos textos. Os alunos (e os professores também) estão habituados a "separar" a interpretação de um texto do conhecimento explícito da língua. Os e (...) [Comentário completo]
Quando se trata de textos literários, ler é uma experiência muito particular, que implica a descoberta de percursos individuais. Normalmente, os alunos descrevem as aulas de Língua Portuguesa da seguinte forma: leitura de um texto, resposta a questões de interpretação e, por vezes, resolução de exer (...) [Comentário completo]
Sempre que me confrontei com a necessidade de seleccionar um manual, fi-lo com angústia. A par da grande quantidade de manuais a analisar, confrontava-me com o tempo reduzido para efectuar essa análise e com a necessidade de preencher fichas de análise inúteis. Além disso, a maioria dos projectos qu (...) [Comentário completo]
CEL
Na realidade, quando eu fiz o estágio, parecia quase "pecado mortal" ensinar gramática. Veiculava-se a ideia de que o conhecimento da língua era intuitivo, que a gramática tinha de ser um breve momento da aula, sempre articulada com o texto, que não adiantava obrigar os alunos a memorizarem (o impor (...) [Comentário completo]
Este ano não lecciono 7º, por isso não me será possível experimentar em aula estes materiais. No entanto, devo referir que o questionário me parece simples e objectivo, adequado ao nível de ensino a que se destina. Gostei especialmente na forma como articulam os conteúdos gramaticais com a análise d (...) [Comentário completo]
Escolher um título é uma tarefa complicada e, geralmente, os títulos relacionam-se com a disciplina. Eu escolhi este precisamente porque não lembra qualquer disciplina e poderia suscitar, por isso mesmo, maior interesse nos alunos e nos professores. [Comentário completo]
Durante muito tempo, o ensino da Língua Portuguesa centrou-se na escrita, interessando apenas que os alunos adquirissem competências de leitura e de escrita. Essa tendência parece, finalmente, estar a mudar. Normalmente, os alunos e mesmo os professores restringem a avaliação da expressão oral às i (...) [Comentário completo]
Estudar o conhecimento explícito da língua é, para os alunos, uma tarefa quase sempre monótona e desnecessária. Os autores deste manual propõem uma abordagem integrada deste conhecimento, permitindo aos alunos a constatação da necessidade de realizarem esse estudo. As actividades propostas parecem-m (...) [Comentário completo]
Como este ano lecciono 10.º  e 11.º, verifiquei que os alunos têm muitas dificuldades na estruturação de um texto, mesmo quando dominam os conhecimentos que devem expor. Essas dificuldades decorrem do desconhecimento dos mecanismos de estruturação de um texto. Numa das últimas aulas, realize (...) [Comentário completo]
Na minha opinião, esta é a imagem que me ocorre quando leio este conto. Além de mostrar o momento mais "emocionante" do relato do menino, transmite a ternura com que aquela criança vê a sua "descoberta". [Comentário completo]
A escolha de uma ilustração é uma tarefa subjectiva, muito dependente da interpretação feita por cada leitor do texto que leu. Eu seleccionei a ilustração A porque foi esta a imagem que me ocorreu após a leitura do texto, mas qualquer uma das restantes pode relacionar-se com a história lida. Il (...) [Comentário completo]
É comum encontrar alunos que gostem de ler versos, porque lhes agrada o som das rimas, mas que detestem interpretar poemas, porque, na sua opinião, a linguagem poética é demasiado difícil. Urge, assim, desdramatizar a ideia de que interpretar poesia é uma tarefa quase impossível de concretizar. Para (...) [Comentário completo]
Como é do conhecimento geral, estamos hoje rodeados de cartazes e panfletos de diversa ordem, que exigem de nós um treino de leitura. Para os nossos alunos (e para muitos colegas), saber ler continua a significar ler expressivamente um texto literário, mas, cada vez mais, a nossa sociedade exige uma (...) [Comentário completo]
Os alunos têm de aprender a activar um conjunto de conhecimentos que lhes permitirá compreender melhor qualquer texto. As actividades de pré-leitura devem ajudar a antecipar o que será "dito". A leitura é o momento de confirmar as hipóteses levantadas. A atenção do aluno é, assim, despertada e m (...) [Comentário completo]
A leitura recreativa é, na minha opinião, uma actividade que fazemos por imitação e por exposição ao objecto livro. Infelizmente, muitos professores não partilham com os alunos essa experiência fantástica que é a leitura. Muitos consideram mesmo que preparar aulas destinadas à partilha de leituras é (...) [Comentário completo]
No 5.º e no 6.º ano, os alunos já contactaram com textos narrativos, dramáticos e poéticos, mas não leram textos não literários. Assim, considero importante que o manual aborde esse tipo de texto de uma forma sistemática, de modo a que os alunos apreendam as características e a estrutura desses text (...) [Comentário completo]
Considero muito importante o manual apresentar uma grande variedade de textos de autores e géneros diferentes, de modo a que os alunos contactem com os mesmos. Além disso, sugiro a inclusão de uma unidade, na qual se apresentem excertos de diferentes obras propostas para leitura recreativa. [Comentário completo]
Uma observação cuidada dos manuais revela, de facto, que os seus autores parecem desconhecer os programas. Esse desconhecimento parece, infelizmente, alargar-se a alguns professores, para os quais o manual é um guia, que deve ser seguido religiosamente. Essa necessidade parece advir dessa crença de (...) [Comentário completo]